Primeiro Núcleo Interessante de 2018

                “ Nenhuma educação terá sentido, se sustentará se não estiver comprometida com valores. ”

                                                                                                                                                                       Zabalza

  1. Tema: Convivência: um exercício de cidadania.

Introdução

                     A convivência humana é um desafio da modernidade.  A tomada de consciência desse complexo processo não pode ser adquirida por meio de estudo de conceitos teóricos, mas de vivências que possam modificar nossa maneira de conceber a convivência.

                              Como? Criando atividades que possibilitem vivenciar no dia a dia uma forma melhor de tratar nossos iguais nas questões interpessoais, principalmente no âmbito escolar. Devemos estimular entre os alunos relacionamentos autênticos, onde cada um se interesse pelo outro de maneira real, onde os direitos individuais deverão ser defendidos e respeitados pois estes existem por si mesmo.

                             Como pré-requisito para uma convivência harmoniosa devemos desenvolver atividades que estimulem o autoconhecimento, ou seja, as questões intrapessoais. Sabe-se que: se somos seres humanos melhores vamos conviver melhor com nossos pares não só na esfera escolar, mas também no âmbito familiar e social.  

                             Viver é compartilhar. Seja em casa, na escola ou nos grupos sociais, compartilhamos nosso Planeta, nossos espaços menores, nossas emoções, nossos valores e crenças, nossos sonhos.

                             Saber interpretar o que está acontecendo ao nosso redor pressupõem o desenvolvimento da empatia, tão necessária ao sucesso de qualquer atividade humana.

                             Educar com valores é um trabalho que deve envolver toda a comunidade escolar, a família e a sociedade. É o lançamento de sementes por meio de exemplos, de reflexão e superação pessoal de cada um envolvido neste processo. Um objetivo maior:  exercitar a cidadania.

  2. Justificativa

              

   Este tema justifica-se pela necessidade que temos de buscar harmonia nas relações interpessoais pressupondo que haja um trabalho anterior com os aspectos intrapessoais. Será um trabalho que para atingir êxito deverá ser consistente, organizado e construído dia a dia, ação a ação. É um processo de construção de valores que não acontecerá de forma mágica, só porque assim o desejamos. A observância de alguns princípios norteadores será fundamental nessa construção como, por exemplo, reconhecer que todas as pessoas são merecedoras da confiança, da amizade e do respeito dos outros. 

Somos seres sociais em constante relação com o mundo que nos cerca e com nosso próprio mundo. Essa relação é estabelecida primeiro, do sujeito com ele próprio e depois com os demais, na tentativa de satisfazer as próprias necessidades e a dos demais.

Dentro do espaço escolar alguns pontos fundamentais devem ser observados no trabalho com este tema. São eles: saber olhar, ouvir e falar.

Também é importante não teorizar e sim vivenciar valores como: amizade, dedicação, sinceridade, verdade, amabilidade, cooperação, compartilhamento, agradecimento, dedicação, generosidade, alegria, etc.